Os doze signos regentes e seus elementos

Dentro dos doze signos do zodíaco, cada um deles é regido por um astro. Esse astro representa uma influência muito significativa nas características de cada um desses signos. O regente é um ponto crucial para compreender como esse signo reage em relação a si mesmo e aos outros, por isso, para entender os signos, é preciso também entender a regência de cada um deles.

Os doze signos regentes e seus elementos

Outro aspecto muito importante nessa análise é verificar o elemento que se relaciona com esses perspectivos signos. Cada um também está ligado a um dos quatro elementos naturais: a água, a terra, o fogo e o ar. Tais elementos estão diretamente ligados às principais características dos signos, por isso iremos falar também sobre quais são os elementos naturais de cada um.

Ao entender o elemento natural e o planeta que influencia os signos do zodíaco, ficará muito mais fácil compreender o que está por trás de cada um deles. É uma maneira de separar os elementos que compõem os diversos aspectos e chegar à essência desse signo. Por isso, leia a seguir um pouco mais sobre quais são os planetas regentes dos signos e quais são seus elementos naturais.

Os elementos e seus signos

Signos de Fogo

Áries, Leão e Sagitário são os três signos do horóscopo que compõem o elemento Fogo. Daí, vemos várias relações desse elemento com os signos, que são determinados, impulsivos e expansivos. Assim como esse elemento, seus nativos representam a energia e a força de vontade, é algo que emana uma paixão ardente.

O fogo também tem o seu lado destrutivo. Assim como arianos, leoninos e sagitarianos apresentam momentos de explosões e de um temperamento mais acalorado, acabam expressando suas emoções de maneira explosiva, cada um a seu modo. Os signos de Fogo devem ser lidados como o próprio fogo, que é importante e confiável quando é manejado com temperança. Pessoas desses signos são as mais leais e corajosas, e determinadas em ir atrás do que acreditam.

Signos de Terra

Entre os signos de Terra estão Touro, Virgem e Capricórnio. Existe uma grande relação da firmeza e da estabilidade com esse elemento, uma vez que os nativos desses três signos apresentam uma personalidade constante e menos volátil. É preciso realmente de algo muito forte para abalar a terra, mas nem mesmo ela é eternamente fixa e estável.

Por serem os signos da Terra, esses três são os mais apegados aos bens materiais, podem ser vistos como egoístas e materialistas, mas isso tem a ver com o apreço pelo próprio esforço e suor. A terra representa construir algo sólido e duradouro, para então poder relaxar estando em um ambiente de conforto e de segurança.

Signos do Ar

Os três signos de ar do zodíaco são: Gêmeos, Libra e Aquário. Esses signos têm tudo a ver com a liberdade e a leveza. Esses signos têm uma grande tendência ao desprendimento, a uma mente aguçada e a um olhar distante para o futuro. Devemos lembrar que o ar é livre, incontrolável em seu fluxo, assim como a mente dos nativos desses signos.

Uma questão importante desse signo é que se tornam por vezes um tanto distantes da realidade, criam muitas projeções e expectativas em relação a um momento que está distante, e às vezes negligenciam questões materiais por acharem ser muito pequenas. O grande desafio para os signos de Ar é saber conciliar as infinitas possibilidades com a realidade concreta ao seu redor.

Signos de Água

Os signos de Câncer, Escorpião e Peixes são os três signos de Água do nosso horóscopo. São signos com uma amplitude emocional tão vasta quanto o próprio oceano, profundos, misteriosos e podendo ir da calmaria para a turbulência em questão de instantes, mas, assim como seu elemento, estão entre os mais flexíveis e adaptáveis.

A Água é um elemento que está diretamente influenciada pela Lua, que carrega uma carga emocional, por isso os nativos desses três signos possuem características bem marcantes nesse aspecto. Tanto que, por vezes, os signos de Água podem apresentar um certo descontrole emocional, uma vez que estão sujeitos a oscilações intensas e repentinas de humor.

Planetas regentes em cada signo

Planeta regente de Áries

Marte é o planeta regente de Áries. Assim como esse signo vem de Ares, o deus grego da guerra e da coragem, Marte é a contraparte da mitologia romana, ele é o deus da guerra romano. Isso indica como o planeta vermelho está ligado ao agressivo e impulsivo.

Mas Áries não deve ser visto como simples violência e destruição, pois Marte é um planeta que indica o modo de agir, e esse ímpeto ariano é a sua determinação em fazer o que for preciso na busca por seus objetivos.

Planeta regente de Touro

Touro é um signo regido por Vênus, que é a deusa do amor e da beleza. Essa regência tem a ver com a tendência que taurinos em geral têm de serem pessoas atraentes e charmosas, essa regência astral chama a atenção.

Por Vênus ser o planeta regente de Touro, isso explica o gosto do taurino pelo que é belo, os filhos de Vênus são amantes da beleza e da harmonia e não se sentiram muito bem com o que é esteticamente desagradável.

Planeta regente de Gêmeos

Mercúrio rege o signo de Gêmeos. E é claro que nenhum outro astro que não o do deus mensageiro poderia ser o planeta regente de Gêmeos, um signo que tem tudo a ver com a comunicação.

Mercúrio também tem a ver com as ciências ocultas, ordens herméticas, enfim, é um outro nível de atividade mental mais oculta, uma busca por conhecimento que é comum aos geminianos.

Planeta regente de Câncer

O planeta regente de Câncer na verdade é o nosso satélite natural, a Lua. Isso causa uma forte influência nos sentimentos, por isso que o lado emocional dos cancerianos é tão intenso.

Assim como a Lua tem sua face clara e sua face escura, Câncer apresenta um aspecto emocional iluminado e acolhedor enquanto guarda dentro de si uma carga emocional mais íntima nas profundezas de seu ser.

Planeta regente de Leão

Quando falamos sobre o planeta regente de Leão, estamos na verdade falando sobre uma estrela, o nosso astro-rei, que é o Sol. Repletos de uma personalidade plena e cheia de si, os leoninos são radiantes como o próprio Sol.

Tal regência ajuda a explicar o lado egocêntrico de seus nativos, uma vez que o rei dos astros é quem rege o rei dos animais, e isso às vezes pode causar uma falsa sensação de grandeza

Planeta regente de Virgem

Virgem é um outro signo que também é regido pelo planeta Mercúrio. Virginianos tendem a ser observadores, críticos, analíticos e metódicos, que têm tudo a ver com as habilidades necessárias para as artes do conhecimento.

Mercúrio influencia a comunicação de várias maneiras, e uma delas tem a ver com a objetividade e até mesmo o ceticismo, já que evita abstrações desnecessárias, e por ser o planeta regente de Virgem, também vemos esses aspectos no signo.

Planeta regente de Libra

Libra é outro signo regido pelo planeta Vênus, e ainda que a princípio não seja algo muito aparente, esse planeta exerce bastante influência sobre seus nativos.

Podemos observar o gosto que o libriano tem pela liberdade e por relacionamentos em que tenham essa liberdade respeitada. Por ser o planeta regente de Libra, Vênus exerce tal influência que o libriano acaba tendo um magnetismo e carisma naturais.

Planeta regente de Escorpião

Plutão é o Planeta regente de Escorpião. Esse planeta representa o deus romano do mundo dos mortos e, assim como o signo, a influência desse planeta tão fria e distante que tem a ver com as questões mais obscuras da mente.

Os escorpianos, por causa dessa influência, acabam tendo uma personalidade mais voltada para segredos e uma observação mais aprofundada em relação aos que estão ao seu redor.

Planeta regente de Sagitário

Júpiter é o maior dos planetas, uma vez que representa a versão romana de Zeus, o líder dos deuses. Esse é o planeta regente de Sagitário, o que exerce influência no crescimento e o desenvolvimento.

Por maior que já seja, a influência de Júpiter faz com que não haja limites para a vontade de progredir, ir além, e o sagitariano é um indivíduo tipicamente dotado dessa busca pela expansão e de novos horizontes.

Planeta regente de Capricórnio

O signo de Capricórnio é guiado pelo planeta Saturno, correspondente ao deus do tempo. Esse planeta está relacionado com essa noção de lidar certo com as coisas, e é essa influência que dá ao capricorniano ares de paciência e responsabilidade.

O posicionamento de Saturno não se trata simplesmente de empecilhos, mas nos indica o que é necessário ao longo prazo. Por ser o planeta regente de Capricórnio, ele oferece uma firme capacidade de realização profissional.

Planeta regente de Aquário

O astro responsável pelo signo de Aquário é Urano. Por ser o planeta regente de Aquário, suas características se fazem bastante presentes nos nativos desse signo, por se tratar do deus dos céus.

Além da vastidão e da liberdade, esse planeta está relacionado também com questões sociais, por isso vemos características de rebeldia e de inconformidade social nesse signo.

Planeta regente de Peixes

Netuno, o deus romano dos mares, é o planeta regente de Peixes. Por estar relacionado aos mares e oceanos, os piscianos apresentam questões emocionais e espirituais muito profundas em sua intimidade.

A influência de Netuno também tem muito a ver com o jeito idealista e sonhador dos piscianos, pois induz seus nativos a dar um olhar mais diferenciado para as coisas, principalmente questões mais subjetivas.