Signo de Peixes: Características, Amor, Personalidade, Qualidades, Defeitos – Completo

características do signo de peixesPeixes, o sonhador do Zodíaco. O mais sentimental dos signos. Aquele que se encontra sempre entre dois caminhos: da placidez à explosão emocional.

Regido pelo Planeta Netuno, Peixes é um signo das Águas, assim como Câncer e Escorpião. Sua palavra-chave é sensibilidade.  Enfrentar as asperezas da realidade é o seu maior desafio.

Quer descobrir tudo sobre Peixes? Mergulhe na personalidade desse signo e descubra porque ele pode ser manso como um rio ou revolto como mar de ressaca.

Signo de Peixes: data

Situado entre Aquário e Áries, a data do signo de Peixes vai de 19 ou 20 de fevereiro até 20 de março. Essa variação no início do signo deve-se aos anos bissextos, nos quais fevereiro tem 29 dias.

Décimo segundo signo do Zodíaco, Peixes é o último, o definitivo, aquele que incorpora as virtudes e defeitos de todos os outros. Pronto para ascender a dimensões superiores, muito acima das incertezas desse insensato mundo.

Significado do signo de Peixes

Peixes foi o primeiro símbolo dos primeiros cristãos, antes que a cruz fosse fixada como a marca visível do cristianismo, uma espada espiritual cravada na Terra.  Nesse caso, Peixes indicava prosperidade, alimento e abundância.  Na Mitologia Grega, os dois peixinhos já apareciam, associados a Eros e Afrodite. Reza a lenda que um monstro terrível, chamado Tifon, atacou Afrodite e seu favorito, Eros. Eles então pediram ajuda a Zeus, que mandou dois peixinhos, que carregaram os dois nas costas para um local seguro. A deusa Minerva deu aos peixinhos uma grande recompensa: foram levados para as estrelas, dando origem à Constelação de Peixes. Os romanos chamavam Eros de Cupido e Afrodite de Vênus.

Signo de Peixes: personalidade

Um signo, dois caminhos – Existe uma razão para o signo de Peixes ser nomeado no plural. Assim como os nativos de Gêmeos, os piscianos são duais, duplos e muitas vezes múltiplos. Tanto que a imagem que representa o signo são dois Peixes seguindo em direções opostas.

Os piscianos podem ser isso ou aquilo. E convivem bem com características aparentemente contraditórias, que podem emergir em momentos diversos:  ora muito calmo, ora bem tortuoso. Em um momento, generoso, em outro, implacável. Mas, apesar de certa instabilidade, a natureza do pisciano é essencialmente terna.

Também entre as características dos Peixes estão uma emoção muito aflorada e a capacidade de se doar. Por outro lado, seu lado carente pode torná-los um pouco possessivos nos relacionamentos.

Signo de Peixes: características

Se seu nascimento ocorreu na regência do signo de Peixes, dizemos que você tem o Sol em Peixes. Isso faz de você um pisciano, com toda a ternura e vulnerabilidade que lhe é peculiar.

Vamos enumerar agora algumas características de Peixes, sua personalidade, virtudes e defeitos. Um rápido mergulho nos mistérios desse signo pode tornar a convivência com um pisciano tranquila como um rio de águas claras.

Peixes características – Sensíveis, profundos e amorosos, os nativos de Peixes também podem ser, por conta da dualidade do signo, implacáveis e incapazes de perdoar. Isso porque sua alma apaixonada pode ficar turbulenta de emoções. Como a própria imagem que representa o signo, são dois tipos de Peixes nadando em direções opostas.  É emoção demais, que nunca fica na superfície.

Empatia profunda – O pisciano é uma pessoa que sabe se colocar no lugar do outro. Tanto que não apenas entende, mas sofre as dores de quem está ao seu redor, ou até mesmo do outro extremo do continente. De um lado, ele pode ser o melhor dos companheiros, pois está sempre disposto a acolher e ajudar. Por outro, precisa controlar sua sensibilidade para não se deixar afetar pelos problemas dos outros.

Outras características do signo de Peixes

Se tem uma coisa que o nativo do signo Peixes não é, é individualista. Sonhador e emotivo, ele sofre um pouco mais do que pessoas de outros signos.  Geralmente são atentos ao outro, envolvem-se em causas humanitárias e se deixam afetar por questões sociais. O pisciano típico só se sente bem quando consegue praticar o bem.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as características do signo Peixes, saiba que mesmo sendo representados por uma imagem dupla, os piscianos são únicos. Por isso, se você não é de Peixes, não tente ser como um deles. Não é fácil, nem difícil. É simplesmente impossível.

Defeitos do pisciano

Como citamos anteriormente, Peixes é um signo que possui uma dualidade de comportamentos e personalidades, que faz com que apresente características opostas em algum momento. O terno pisciano pode se tornar irascível quando magoado. Aquele que geralmente é reservado pode ficar falante e extrovertido em um momento especial. Mas, assim como todo signo, Peixes também apresenta um lado mais obscuro que pode e deve ser controlado. Conheça alguns de seus defeitos.

Sonhadores demais – sonhar não é defeito, mas viver no mundo da lua pode ser. O pisciano, quando não é estimulado a fincar os pés no chão, pode acabar se ferindo muito na vida real. Ele tem pouca habilidade com a vida prática e sonha com um planeta perfeito, onde todos são amáveis e companheiros. Isso é bonito nos livros e filmes, mas é preciso encarar a realidade para conquistar seu lugar no mundo.

Inconstantes – Há quem diga que, no comportamento, os piscianos podem ser um pouco bipolares. É que muitas vezes, com sua sensibilidade, absorvem as dores e mágoas por muito tempo até que em um momento, explodem e surtam. O ideal seria não levar a vida tão a sério e controlar mais suas emoções. Viver é para os fortes, alguém já disse.

Pouco ambiciosos – O desmiolado pisciano não liga muito para as coisas materiais e pode ter dificuldade com dinheiro, investimentos e cálculos. Pouco exigente, ele não precisa de muito para viver e sua falta de ambição pode deixá-lo um pouquinho estagnado na vida.

Signo de Peixes no amor

Os piscianos amam de forma intensa e profunda. Quando correspondidos, podem ser os parceiros mais fiéis e dedicados. Também na amizade, são extremamente leais. Porém, quando maltratados, relatos indicam que podem se tornar os piores inimigos. Isso porque Peixes se dedica tanto a quem ama que, quando traído, fica profundamente ferido e tem dificuldade de perdoar. Por outro lado, é provável que, conscientes de sua alta sensibilidade, os piscianos criem uma armadura emocional para impedir nova ferida. É quando eles deixam de ser os confiantes peixinhos para se fecharem como uma ostra.

Signos que combinam com Peixes

Por sua natural maleabilidade, os nativos de Peixes costumam se relacionar bem com todos os signos, ou pelo menos acreditam que sim. Têm mais afinidades com Câncer e Escorpião, que também são signos das águas. O relacionamento entre eles flui facilmente. Mas, é com seu signo oposto, Virgem, que os piscianos vivem uma de suas maiores dualidades: ou são muito felizes ou muito infelizes.

Peixes e Virgem, águas mais que profundas – Os nativos de Peixes precisam da lógica implacável dos virginianos, de sua concretude e pés no chão. Quando isso é bem resolvido, eles encontram uma referência segura para sua personalidade sonhadora, podendo assim, conquistar uma estabilidade emocional.

Por outro lado, com Peixes, os virginianos também abrem uma porta para sua sensibilidade resguardada, permitindo-se sonhar e amar sem medo. Porém, o oposto também ocorre: a visão crítica de Virgem e sua ânsia de praticidade podem fazer o romântico peixinho sair correndo. Ou melhor, nadando.